Referências

AUGÉ, Marc. Não-lugares: introdução a uma antropologia da supermodernidade. Campinas – São Paulo: Papirus, 1994.

AZEVEDO, Aluísio de. O cortiço. Portal Domínio Público, Fundação Biblioteca Nacional. Disponível em http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bn000003.pdf Acessado em 14/02/2015.

BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico: contribuição para uma psicanálise do conhecimento. Rio de Janeiro: Contraponto, 1996.

BAKOS, Margaret Marchiori. Eternos intendentes de Porto Alegre. Disponível em http://cdn.fee.tche.br/jornadas/1/s11a7.pdf [acessado em 03/02/2015] p. 2.

BARRETO, Lima. Recordações do Escrivão Isaías Caminha. São Paulo: Ática, 1995. Disponível em: A Biblioteca Virtual do Estudante Brasileiro [http://www.bibvirt.futuro.usp.br]

BARRETO, Lima. Triste fim de Policarpo Quaresma. Ministério da Cultura: Fundação Biblioteca Nacional, Departamento Nacional do Livro. Versão para eBook por eBookCult.com.br

BECKER, Howard S. Falando sobre sociedade. In: Métodos de pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Ed. Hucitec, 1999.

BEDNARZ, Adriana Maria Laste. Beco da desordem: rua 3 de novembro e as reformas urbanas na administração de José Loureiro da Silva (1937-1943). Monografia apresentada como requisito à obtenção de bacharel em História pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Profa. orientadora: Profa. Dra. Claudia Mauch. Porto Alegre, 2011. Disponível em http://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/36994/000818534.pdf?sequence=1

BENEVOLO, Leonardo. História da Cidade. São Paulo: Editora Perspectiva, 1999.

BENJAMIN, Walter. Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. São Paulo: Brasiliense, 1994.

BOHRER, Felipe Rodrigues. Breves considerações sobre os territórios negros urbanos de Porto Alegre na Pós-Abolição. In “Iluminuras”, Porto Alegre, v. 12, n. 29, p. 121-152, jul/dez. 2011.

BOLLE, Willi. Fisiognomia da metrópole moderna: representação da História em Walter Benjamin. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1994.

BOURDIEU, Pierre. Ofício de Sociólogo: metodologia da pesquisa na sociologia. Petrópolis, RJ: Vozes, 2007.

BUENO, Beatriz Picolloto Siqueira. Particularidades do processo de colonização da América espanhola e portuguesa. In: Anais do IV Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Rio de Janeiro, 1997.

BURKE, Peter. Testemunha ocular: história e imagem. Bauru, SP: EDUSC, 2004.

CARVALHO, Lia de Aquino. Contribuição ao estudo das habitações populares: Rio de Janeiro: 1866-1906. In: ROCHA, Oswaldo Porto. A era das demolições: cidade do Rio de Janeiro: 1870-1920. Rio de Janeiro: Secretaria Municipal de Cultura, Dep. Geral de Doc. e Inf. Cultural. Divisão de Editoração, 1995.

CHALHOUB, Sidney. Cidade Febril: cortiços e epidemias na Corte imperial. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.

CORUJA, Antônio Álvares Pereira. Antigualhas, Reminescências de Porto Alegre. Porto Alegre: Companhia União de Seguros Gerais, 1983 [1881].

FIALHO, Daniela Marzola. Cidades visíveis: para uma história da cartografia como documento de identidade urbana. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Programa de Pós-Graduação em História. Porto Alegre, 2010.

FRANCO, Sérgio da Costa. Porto Alegre: guia histórico. Porto Alegre; Ed. da Universidade/UFRGS, 1988.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande e senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. São Paulo: Global, 2006.

FREYRE, Gilberto. Sobrados e Mucambos: a decadência do patriarcado e desenvolvimento do urbano. São Paulo: Global, 2006.

GINZBURG, Carlo. Raízes de um paradigma indiciário. In Mitos, Emblemas e Sinais: Morfologia e História. São Paulo: Cia. das Letras, 1999.

LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1994.

KATZMAN, Ruben. Seducidos y abandonados: el aislamiento social de los pobres urbanos. Revista de la CEPAL Nr. 75, diciembre 2001, pp. 171- 189.

KERSTING, Eduardo. Indícios em representações: denominações em torno da Colônia Africana. Porto Alegre: Revista Anos 90, n. 9, Julho de 1998, pp. 150-164.

KRAWCZYK, Flávio. Paisagens silenciosas: Porto Alegre na Pinacoteca Aldo Locatelli. In: POSSAMAI, Zita Rosane (org.) Leituras da Cidade. Porto Alegre: Evangraf, 2010.

LAMAS, José M. Ressano Garcia. Morfologia urbana e desenho da cidade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1993.

LEENHARDT, Jacques. Sensibilidade e sociabilidade. In: RAMOS, Alcides Freire; MATOS, Maria Izilda Santos de; PATRIOTA, Rosangela. Olhares sobre a História: Culturas, Sensibilidades, Sociabilidades. São Paulo: Ed. Hucitec, 2010. (p. 27-35)

LEMOS, Carlos A. C. A República ensina a morar (melhor). São Paulo: Editora HUCITEC, 1999.

LÖWY, Michael. Walter Benjamin: aviso de incêndio: uma leitura das teses “Sobre o conceito de história”. São Paulo: Boitempo, 2005.

MACIEL, João Moreira. Relatório do projeto de melhoramentos e orçamentos. Porto Alegre: Officinas Graphicas d’A Federação, 1927.

MAZERON, Gaston Hasslocher. Reminiscências de Porto Alegre. Porto Alegre: Selbach, 1974 [?].

MAUCH, Claudia. [org.] Porto Alegre na virada do século 19: cultura e sociedade./ colab. Claudia Mauch… [et. al.] – Porto Alegre/Canoas/São Leopoldo: Ed. Universidade/UFRGS/ Ed. ULBRA/Ed. UNISINOS, 1994.

MENDES, Francisco Roberval; VERÍSSIMO, Francisco; BITTAR, William. Arquitetura no Brasil: de Cabral a D. João VI. Rio de Janeiro: Imperial Novo Milênio, 2011.

MONTEIRO, Charles. Porto Alegre: urbanização e modernidade: a construção social do espaço urbano. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1995.

MOUTINHO, Mário C. A Arquitectura popular portuguesa. Lisboa: Editorial Estampa, 1979.

OLIVEIRA, Clovis Silveira de. Porto Alegre: a cidade e sua formação. Porto Alegre: Gráfica e Editora Norma, 1985.

PESAVENTO, Sandra. O espetáculo da rua. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1992.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Em busca de uma outra história: imaginando o imaginário. São Paulo: Revista Brasileira de História, v. 15, nr. 29, pp. 9-22, 1995a.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. O desfazer da ordem fetichizada: Walter Benjamin e o imaginário social. In: Cultura Vozes, N° 5, Setembro-Outubro 1995b.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Os pobres da cidade: vida e trabalho – 1880-1920. 2.ed. – Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1998.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Em busca da cidade perdida. Proposta de pesquisa, 1999a.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Lugares malditos: a cidade do “outro” no sul brasileiro: Porto Alegre, passagem do século XIX ao século XX. Revista Brasileira de História, 1999b, vol. 19, no 37, p.195-216. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102- 01881999000100010&lng=en&nrm=iso.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Memória Porto Alegre – Espaços e Vivências. 2.ed. – Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1999c.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. O imaginário da cidade: visões literárias do urbano – Paris, Rio de Janeiro, Porto Alegre. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1999d.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Era uma vez o beco: origens de um mau lugar. In: BRESCIANI, Maria Stella (org.). Palavras da cidade. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 2001a.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Uma outra cidade: o mundo dos excluídos no final do século XIX. São Paulo: 2001b. (Brasiliana Novos Estudos; 5)

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História e História Cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Cidade, espaço e tempo: reflexões sobre a memória e o patrimônio urbano. Cadernos do LEPAARQ – Textos de Antropologia, Arqueologia e Patrimônio. v. II, nº 4, Pelotas, RS: Editora da UFPel. Ago/Dez. 2005. Disponível em: http://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/lepaarq/article/viewFile/893/873

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Cidades visíveis, cidades sensíveis, cidades imaginárias. Revista Brasileira de História. São Paulo: vol. 27, no 53, jun 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_issuetoc&pid=0102- 018820070001&lng=en&nrm=iso.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Os sete pecados da capital. São Paulo: Hucitec, 2008.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. Visões do Cárcere. Porto Alegre: Zouk, 2009.

Porto Alegre: Biografia duma Cidade. Ed. Tipografia do Centro S/A. Porto Alegre, 1941.

PORTO ALEGRE, Achylles. História Popular de Porto Alegre. Porto Alegre: s.e. 1940.

POSSAMAI, Zita Rosane. Cidade fotografada: memória e esquecimento nos álbuns fotográficos – Porto Alegre, décadas de 1920 e 1930. Tese apresentada ao Programa de Pós-Graduação em História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, como requisito parcial para a obtenção do título de Doutor em História.Orientadora: Profa. Dra. Sandra Jatahy Pesavento. Porto Alegre: 2005.

POSSAMAI, Zita (org.). Leituras da cidade. Porto Alegre: Evangraf, 2010.

REIS, Nestor Goulart. Contribuição ao estudo da evolução urbana do Brasil (1500/1750). 2ª edição revisada e ampliada. São Paulo: Pini, 2000.

REIS FILHO, Nestor Goulart. Quadro da arquitetura no Brasil. São Paulo: Perspectiva, 2006.

ROSSI, Aldo. A arquitetura da cidade. Lisboa: Edições Cosmos, 1977.

RUSCHEL, Nilo. Rua da Praia. Porto Alegre, s.e. 1971.

SANTO, Qorpo. Hoje sou um; e amanhã outro. Biblio.com.br, A Biblioteca Virtual de Literatura.[Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bi000199.pdf%5D

SANTOS, Irene (org.). Colonos e Quilombolas: memória fotográfica das colônias africanas de Porto Alegre. Porto Alegre, 2010.

SCHWARCZ, Lilia Moritz (coord.). A abertura para o mundo: 1889-1930. Coleção História do Brasil nação 1808-2010: 3. Rio de Janeiro: Objetiva, 2012.

SEYFERTH, Giralda. Construindo a nação: Hierarquias raciais e o papel do racismo na política de Imigração e Colonização. In: Raça, Ciência e Sociedade. Rio, Editora Fiocruz, CCBB, 1996. (pp. 41-58)

SYMANSKI, Luís Cláudio Pereira. Espaço privado e vida material em Porto Alegre no século XIX. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1998.

SOUZA, Célia Ferraz de. Porto Alegre e sua evolução urbana./Célia Ferraz de Souza e Dóris Müller. Porto Alegre: Ed. Universidade/UFRGS, 1997.

SOUZA, Célia Ferraz de. Entre o saber e o poder : a implantação do urbanismo e as especificidades locais no início do século XX, em Porto Alegre. In: Simpósio A arquitetura da Cidade nas Américas : diálogos contemporâneos entre o local e o global  (2006 jul. 17-21 : Sevilha, Espanha). Ed. PGAU-Cidade, UFSC, 2006. p. 1-18

SOUZA, Célia Ferraz de. Os primórdios do urbanismo moderno : Porto Alegre na administração Otávio Rocha. In: SHCU 1990 – 2008 : Seminário de História da Cidade e do Urbanismo. Bureau Brasileiro, [2008]. p. 1-15

SOUZA, Célia Ferraz de. Plano Geral de Melhoramentos de Porto Alegre: o plano que orientou a modernização da cidade. 2. Edição revisada e ampliada. – Porto Alegre: Armazém Digital, 2010.

SOUZA, Célia Ferraz de. Permanências e rupturas estruturais na cidade do urbanismo plural – um percurso em Porto Alegre. In: OLIVEIRA, Lisete Assen de, SILVA, Gilcéia Pesce do Amaral e, ROSSETTO, Adriana Marques (Orgs.). Arquitetura da cidade contemporânea : centralidade, estrutura e políticas públicas. Itajaí : UNIVALI, 2011. ISBN 9788576960768 p. 119-142 : il.

SPALDING, Walter. Pequena História de Porto Alegre. Porto Alegre: Sulina, 1967.

STROHAECKER, Tânia Marques. Atuação do público e do privado na estruturação do mercado de terras de Porto Alegre (1890-1950). Scripta Nova: revista electrónica de geografía y ciencias sociales. Barcelona: Universidad de Barcelona, 1 de agosto de 2005, vol. IX, núm. 194 (13). Disponível em: Acesso em: nov. 2007.

TEIXEIRA, Manuel C., e VALLA, Margarida. O urbanismo português: séculos XIII-XVIII, Portugal-Brasil. Livros Horizonte, 1999.

UBATUBA DE FARIA, Luiz Arthur; PAIVA, Edvaldo Pereira. Contribuição ao estudo da urbanização de Porto Alegre. Porto Alegre: mimeo., 1938/ Introdução; I –A evolução da cidade de Porto Alegre; II –As linhas gerais do plano diretor; III –O plano de avenidas; pp. 1-86.

VARGAS, Anderson Zalewski. Moralidade, autoritarismo e controle social em Porto Alegre na virada do século 19. In: Porto Alegre na virada do século 19: cultura e sociedade./ colab. Claudia Mauch… [et. al.] – Porto Alegre/Canoas/São Leopoldo: Ed. Universidade/UFRGS/ Ed. ULBRA/Ed. UNISINOS, 1994.

VELLOSO, Mônica Pimenta. As tias baianas tomam conta do pedaço: Espaço e identidade cultural no Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Estudos Históricos, vol. 3, n. 6, 1990, p. 207-228.

VERÍSSIMO, Francisco Salvador. 500 anos da casa no Brasil. Rio de Janeiro: Ediouro, 1999.

VILASBOAS, Ilma Silva; BITTENCOURT JÚNIOR, Iosvaldyr Carvalho; SOUZA, Vinícius Vieira de. Museu de percurso do negro em Porto Alegre. Ed. Porto Alegre: Vinícius Vieira de Souza, 2010.

VIVEIROS Filho, Francisco Fuzzetti de. Urbanidade do Sobrado: um estudo sobre a arquitetura de sobrado de São Luís. São Paulo: Hucitec, 2006.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s