Cores inusitadas para senhores

Ao lado da pesquisa histórica sobre a cidade, também tenho pesquisado as cores das roupas da década de 1920. Devido à grande maioria das imagens de rua de Porto Alegre de que disponho serem em preto e branco, porém, fica difícil saber que cores de roupas as pessoas usavam no dia-a-dia. Mesmo assim, tenho conseguido algumas informações interessantes sobre o assunto em textos, e pretendo colocá-las aqui no blog em breve.

Outras vezes, porém, gosto de ousar na escolha de paletas de cores. Fico imaginando como ficariam cores mais vivas e brilhantes especialmente no vestuário masculino, que costuma ser mais sisudo, e no caso dessa página de experimentos do sketchbook escolhi uma paleta que vi num vestido e que me pareceu muito interessante, “fora da casinha”.

Violeta de Cádmio (Rembrandt), Bem Gelado (Pestilento) e uma mistura de Cinza de Payne com Marrom Van Dyke.

Eu costumo escolher cores mais terrosas, não tão saturadas ou vibrantes quando componho uma harmonia de cores. Aqui, porém, usei as cores do vestido que vi como base para sair um pouco da minha zona de conforto, e exercitar a harmonização com cores que não estou acostumada.

Os resultados ficaram instigantes, ainda que, para roupas masculinas, pareçam inusitados:

O Violeta de Cádmio granula bastante…!
Lápis, bico de pena e aquarela sobre papel Hahnemühle 425g. Desenho da pesquisadora.
Ficou uma vibe bem anos 1980.
Lápis, bico de pena e aquarela sobre papel Hahnemühle 425g. Desenho da pesquisadora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s